terça-feira, 2 de dezembro de 2008

De Blogue a Blogue, Câmara dos Comuns

Hoje, trazemos até ao “Ó mê belo Campo Maiore…” uma entrevista com o editor do Blogue “Câmara dos Comuns”, o Sr. Tiago Abreu. O "Câmara dos Comuns" é um Blogue da Cidade de Elvas, onde o seu editor emite opiniões sobre variados temas ligados ao concelho Elvense. Por vezes, é visível nas exposições alguma conotação política, o que é natural se tivermos em conta, que o Sr. Tiago Abreu é o Presidente do CDS-PP da concelhia de Elvas e do Distrito de Portalegre.

----

O que é o "Câmara dos Comuns"?

O “Câmara dos Comuns” é um blogue pessoal onde todos os dias dou a conhecer às pessoas aquilo que penso acerca de variados temas. Tento neste meu espaço dar a conhecer o outro lado da “Alice no País das Maravilhas” que alguns, nomeadamente a Câmara e o PS local, nos querem impingir através por exemplo do boletim municipal. É nítida e claramente um espaço político.


Como surgiu o blogue "Câmara dos Comuns"?

O “Câmara dos comuns” surgiu após um repto lançado pelo blogue elvense “Zé de Mello”, surgiu também de uma necessidade que tenho de passar aquilo que penso pois tenho a certeza de quem em muitas franjas da nossa sociedade se dá importância às minhas ideias. Foi pois esta a maneira que encontrei para escrever periodicamente após a minha saída como cronista do “Linhas de Elvas” onde tive durante algum tempo uma coluna semanal chamada precisamente “Câmara dos Comuns”.


150.000 visitas é um número redondo, como encara esta situação? Surpreendo-o este número?

Surpreende e muito. É claro que esperava atingir as 150.000 visitas mas bastante mais tarde. Nos últimos 5 meses o “Câmara dos Comuns” atingiu as 10.000 visitas mensais e também por isso deixou de ser ignorado pelo poder e tem suscitado as mais variadas reacções quer do executivo municipal quer do partido que o suporta. Há uma intenção de colocar o meu blogue em tribunal por parte da Autarquia e isso quer dizer claramente que este blogue não se limita a “fazer cócegas” ao poder, este blogue provoca dores de barriga tão intensas que se está tentando tirar-lhe o “pio” através da utilização dos dinheiros públicos contratando o município um advogado com o gabarito do Dr. João Nabais para me interpor uma possível queixa-crime.


No seu blogue está em rodapé a seguinte frase: "AS OPINIÕES EXPRESSAS NESTE BLOG SÃO DA INTEIRA RESPONSABILIDADE DO AUTOR. ESTE BLOG NÃO É ORGÃO OFICIAL DE QUALQUER FORÇA POLITICA". Sendo o Sr. Tiago, membro activo do CDS-PP da concelhia de Elvas e trazendo muitas vezes ao blogue opiniões/questões de envolvimento partidário, não será justo dizer que o "Câmara dos Comuns", é o blogue não oficial do CDS-PP da concelhia de Elvas?

É óbvio que o Tiago Abreu nunca deixará de ser visto como um politico ligado ao CDS, neste momento sou Presidente da concelhia de Elvas do partido e também da Distrital pelo que CDS e Tiago estão umbilicalmente ligados. Está também claro que qualquer coisa a nível público que eu faça, nomeadamente um blogue, poderá ser visto exactamente como o retrata, ou seja, como um blogue “não oficial” do CDS. Não me incomoda nada que seja essa a ideia que passa pois sendo “não oficial” permite-me abordar certos temas de uma maneira muitas vezes politicamente pouco correcta. Digo o que me vai na alma todos os dias enquanto que em nome do partido tem de haver outra contenção e muitas vezes, porque não dizê-lo, outra linguagem. Hoje digo com segurança que os leitores do meu blogue ultrapassam e muito aquilo que é a realidade do meu partido. Estou convicto que frequentam o “Câmara dos Comuns” pessoas de todos os partidos, de todas as raças e de todas as religiões.


Em Elvas têm nascido vários blogues, acha que muitos deles surgiram graças ao "Câmara dos Comuns"?

Não tenho dúvidas absolutamente nenhumas que sim. Separo aqui o trigo de algum joio, o blogue “cidadelvas” por exemplo é um blogue independente e que surgiu sem qualquer intenção de prejudicar o meu. De outros já não posso dizer o mesmo mas e porque o objectivo não foi construir nada mas apenas e só destruir o “Câmara dos Comuns” dou-lhes aquilo que merecem, ou seja, desprezo. A publicidade de outros blogues (mesmo dizendo mal do meu), da Câmara e do PS local é que fizeram ser possível atingir números tão exorbitantes de visitas.


Muitas pessoas, olham para o surgimento das diferentes associações empresariais elvenses, como um pronuncio da aproximação das eleições autárquicas. Concorda?

Só dei conta do surgimento de uma Associação empresarial, nomeadamente a “Associação Empresarial de Elvas”. A outra Associação que apareceu é uma organização cívica de partilha de ideias e de experiências, neste caso a ADE (Associação para o Desenvolvimento de Elvas). Quanto à Associação Empresarial digo apenas que pode não ter intenções políticas mas no entanto muitos dos seus principais dirigentes são apoiantes de Rondão Almeida e outros são inclusivamente eleitos pelo Partido Socialista para os órgãos locais. A ADE de que faço parte através do “Conselho Consultivo” pretende debater ideias e partilha-las com todos os Partidos e até com a Câmara Municipal, na génese da ADE estão pessoas de todos os Partidos pelo que é uma Associação altamente pluralista. Creio que quem vai a votos não são Associações mas sim partidos ou movimentos pelo que como se costuma dizer “cada macaco no seu galho”.


Os Elvenses e Campomaiorenses, podem estar tranquilos quanto à manutenção das valências do Hospital de Santa Luzia?

Não. Todos devem desconfiar de despachos ministeriais que apenas têm a força de uma ordem de serviço interna. As leis do nosso País são publicadas no Diário da República e os elvenses e Campomaiorenses só devem descansar quando virem a reclassificação do Hospital de Elvas publicada no Diário da República. Além de tudo e para quem leu o despacho digo apenas que se deve torcer e muito o nariz a despachos de “carácter excepcional”. O Hospital de Elvas não quer ser uma situação excepcional, quer que lhe reconheçam méritos e que o classifiquem como efectivamente merece. Com todas as valências!


Como olha neste momento para Elvas? Que urge resolver em Elvas?

Olho para Elvas como uma cidade de cara lavada, mais bonita e mais organizada. Olho para Elvas como uma cidade que devido às escolhas políticas que fez se foi atrasando no tempo. Olho para Elvas como uma cidade que precisa de empresas e empregos como de pão para a boca. Olho sobretudo para Elvas como uma cidade que já teve quase tudo e que hoje tem quase nada, só nos últimos três anos tiraram-nos a Maternidade, os Militares, a EDP, a Portugal Telecom, o Gabinete de Apoio Técnico (GAT) e a Brigada Fiscal. Olho sobretudo com desconfiança para políticos que enchem a boca com o “despir da camisola partidária” mas que por solidariedade partidária não mexeram uma palha para evitar tal sangria na nossa cidade. Olho com desconfiança para políticos que dizem demitir-se se a maternidade fechar mas que se mantêm no lugar mesmo não havendo maternidade em Elvas há quase dois anos!


Campo Maior e Elvas deviam estar mais unidos?

Claro que sim. Elvas e Campo Maior deviam a nível de político de trabalhar em parceria, as afinidades são mais que muitas! No entanto a política tem afastado dois municípios que deviam ser “irmãos” mas que no final de contas e nos últimos anos pouco passam de “vizinhos”.


Como representante do CDP-PP da concelhia de Elvas, mantém relações com os congéneres do seu partido da concelhia de Campo Maior? Se sim, diga-nos na sua opinião, qual o elemento do referido partido que seria o melhor candidato ao Município Campomaiorense.

Como representante Distrital do CDS não posso neste momento cometer qualquer inconfidência acerca dos cenários que nos estão a ser colocados. O CDS deve em todo o lado procurar os melhores e os esses encontram-se muitas vezes, por exemplo, em organizações locais de beneficência. O CDS tem militantes em Campo Maior com um perfil que considero indicado. A seu tempo se saberá!


Qual a sua opinião sobre Campo Maior?

Tenho muitos amigos em Campo Maior pelo que me sinto bem no vosso concelho. Têm umas festas maravilhosas e uma maneira única de receber bem quem vos visita. Tendo que escolher um outro sítio para morar não teria qualquer dúvida em responder – Campo Maior!


Quer deixar alguma mensagem para os leitores d' "Ó mê belo Campo Maiore…"?

Que façam uso daquilo que de mais precioso temos que é a nossa liberdade. Os blogues ao contrário do que muitos têm interesse em fazer passar, não são espaços de calúnia e de má-língua. Os blogues são espaços de liberdade e este é disso um belíssimo exemplo. Sou seguidor do vosso blogue e é raro o dia em que não leio aquilo que escrevem. Parabéns e muito obrigado pelo vosso amável convite.

----

Estejam à vontade para comentar.


Cumprimentos.

PS: Os editores do "Ó mê belo Campo Maiore...", agradecem ao Sr. Tiago Abreu pela sua disponibilidade e prontidão.

14 comentários:

Anónimo disse...

Se ele diz que gostava de cá morar tragam-no para cá para dar cabo da cabeça ao Burrica. Quem nos dera a nós um destes por cá!

Rapaz deixa a Rapariga disse...

Não tenham a menor dúvida que o Tiago Abreu metia isto no sitio. Em Elvas é amado por uns e por outros odiado, mas pq é uma pessoa séria, que não se deixa levar pelo laxismo do Rondão.
Boa entrevista sem dúvida.

Anónimo disse...

Gostei :) :). O blog do Tiago é um referência na região, não é qualquer um que se pode gabar de ter dez mil entradas mensais. O "Linhas de Elvas" fez mal por ter tirado de lá o Tiago por pressões políticas, a coluna câmara dos comuns fazia vender jornais. A prova está no sucesso do blog.

Anónimo disse...

Embora a minha razão e o meu afecto me desloquem para um espaço político algo distante do entrevistado, li com muito interesse esta entrevista. Ela foi planeada e conduzida segundo o que considero as regras fundamentais de qualquer entrevista:
- focar os pontos de maior interesse;
- conceder liberdade de expressão ao entrevistado;
- gerar um clima de empatia para não constranger nem intimidar o entrevistado.

Anónimo disse...

Hmmm....houve ali uma resposta que cheirou a rosinha, não acham?

Rapaz deixa a Rapariga disse...

cm assim Anónimo?

Anónimo disse...

Venha pra Campo Maior sff!

Anónimo disse...

Podes levá-lo para Campo Maior que de um Puto macriado estamos todos fartos em Elvas.

Unknown disse...

Este meu maninho gémeo só diz mentiras!
Se forem ao meu blog "Câmara dos Comuss", com dois "S" é que ficam a saber as verdades todas.

Ai este meu maninho é cá um trapasseirinho! Pensa que somos todos parvinhos!!!
Quem o ouve falar pela primeira vez pensa que o maninho é um anjo, mas não... ele é mesmo é um diabrete!

Venham ao www.camaradoscomunss.blogspot.com ou cliquem em cima do meu nome e vão ao blog que vos conta tudo, tudo.

Abracinhos portinholeiros do,
Tiago

Anónimo disse...

Os dois comentários acima foram postos por uma senhora vereadora da Câmara que sonha com o Tiago e quefez um blog parecido ao dele só para dizer mentiras. Tiago é a sina de quem os faz penar! Força. à Drª Elsa todo o meu desprezo...e nojo.

Anónimo disse...

Que blogue ordinário esse. Ao que se prestam alguns para manter os chamados tachos, que coisa tão ordinária, não sabia que a vereadora Elsa seria capaz de tal baixaria. Que coisa tão vergonhosa.

Anónimo disse...

Por aqui se vê o estado em que está Elvas. Um bando de malfeitores que goza com toda gente à custa dos dinheiros publicos. Esta gente não tem vergonha?

Anónimo disse...

Vergonha igual a zero. Cá como em Elvas dão-se tachos aos filhos e deixa-se a familia orientada depois então vêm aqueles com que enchem a boca - o povo. Será sina do PS?

Anónimo disse...

Li a entrevista à Câmara dos Comuns e gostei.Ele conhece-me,cá de Campo Maior,dos tempos da JC.Queria só dar-te os meus parabéns pla tua exposição de ideias,és sem dúvida um lutador.

Ass: casanomonte